FÊNIX FASHION ESPAÇO BELEZA

Loading...

terça-feira, 15 de junho de 2010

MEGA HAIR

Mega Hair crespo vira febre em salões;
conheça as técnicas para um alongamento perfeito
SHÂMIA SALÉM

Colaboração para o UOL

Foi só a atriz Taís Araújo aparecer na novela Viver a Vida, da rede Globo, com o cabelo crespo alongado para o visual virar febre nos salões. O resultado é que agora falta aplique no mercado. “A gente não esperava esse boom, sem contar que é difícil encontrar um alongamento crespo de qualidade, ou seja, feito com fios virgens, compridos e saudáveis até mesmo no Brasil, onde 45% da população tem cabelo negroide”, afirma o cabeleireiro Eron Araújo, do Studio W Iguatemi, em São Paulo. Em tempo: os fios de Taís Araújo são importados do Haiti.
•Um bom alongamento deve ficar com a aparência leve e se entrelaçar aos fios naturais

VEJA O PASSO A PASSO DE COMO COLOCAR O MEGAHAIR

Sem paciência para ficar na “fila de espera”, a manicure Nelma Santos da Silva, de São Paulo, decidiu colocar cachos mais largos do que gostaria. “Amei o resultado, sem contar que deixei de ser escrava do relaxamento, da escova e da chapinha. Hoje só passo leave-in e saio de casa com a cabeça molhada, sem neuras”, comemora Nelma, que sempre quis ter um cabelão mas morria de medo dele ficar armado e difícil de cuidar. “A segurança para experimentar veio na hora em que vi a Taís na tevê”, lembra.

Efeitos especiais

Segundo a cabeleireira Sônia Nesi, do Rio de Janeiro, que viu a procura por alongamento aumentar em 80% no seu salão desde o início da novela, é importante fazer uma hidratação profunda à base de queratina antes de pôr o aplique. “Duas sessões, com intervalo de 15 dias entre elas, são suficientes para fortalecer os crespos, que são naturalmente finos e fracos”, diz.

No dia da colocação das mechas Eron Araújo sugere fazer um relaxamento suave, se os fios forem rebeldes. “A intenção não é alisar mas, sim, soltar um pouco os cachos para que a textura fique mais próxima da do aplique”, explica o profissional.

Para finalizar é essencial cortar o cabelo em camadas e deixar a base arredondada. Tudo feito com navalha ou tesoura desfiadeira para que as pontas entrelacem e os fios fiquem leves, cheios de movimento e com aparência natural.

Cuidados básicos

Para garantir que as mechas fiquem bonitas e você possa reutilizá-las várias vezes, conforme o crescimento da raiz, tome estas precauções:

•Nunca durma com o cabelo molhado ou solto para que ele não embarace. “Deixe secar naturalmente ou use secador com o bocal voltado para baixo e sempre em movimento. Depois é só fazer uma trança grossa e frouxa sem amarrar a ponta”, ensina o cabeleireiro Márcio Mello, do salão Éclat, no Rio de Janeiro.
• Aposente o xampu anti-caspa para não correr o risco de soltar as emendas.
• Evite passar a chapinha, o frizador ou o babyliss sobre as soldas para não derretê-las.
• Penteie o cabelo todo dia e com delicadeza para prevenir os nós.
• Bata ponto no salão uma vez por mês para fazer uma higiene mais completa e uma boa hidratação, além de desembaraçar os fios e retocar as emendas que tenham se soltado.

Técnicas de alongamento que podem ser feitas em cabelos crespos
O antes e depois da modelo que recebeu apliques de megahair crespo

COMO COLOCAR O MEGAHAIR
Mega Hair

• Como é: O profissional separa uma mecha finíssima e posiciona, a meio centímetro da raiz, a ponta do aplique que vem com queratina. Na sequência ela é aquecida e derretida com uma pinça. “Imediatamente, a emenda é pressionada com a ponta dos dedos para que fique bem achatada, não crie volume extra e o caimento seja natural”, diz o cabeleireiro Eron Araújo. A técnica é indicada para fios a partir de três centímetros de comprimento.
• Tempo de cadeira: Entre três e oito horas.
• Duração: Três meses.
• Custo: De R$2 mil a R$6 mil.

Express

• Como é: Utiliza uma espécie de pistola carregada com 12 mechas que vêm com queratina na ponta. “A máquina leva apenas um minuto para colar esses apliques no cabelo natural, que deve ter, no mínimo, três centímetros de comprimento. Depois a pistola é recarregada e o processo é repetido por toda a cabeça”, conta a cabeleireira Sônia Nesi, do Studio de Beleza Sônia Nesi, no Rio de Janeiro.
• Tempo de cadeira: Duas horas.
• Duração: Três meses.
• Custo: A partir de R$ 800.

Entrelaçamento

• Como é: Trata-se de uma tela cortada em tiras que trazem mechas penduradas. Cada faixa é entrelaçada e costurada aos fios como se fosse um crochê, daí o alongamento também ser conhecido como ponto americano. “Para que as emendas fiquem escondidas, é necessário que o comprimento do cabelo natural esteja pelo menos na altura dos ombros”, afirma Luizito Barreto, gerente de vendas da Interlace, de São Paulo.
• Tempo de cadeira: 10 minutos para cada tira – para ter uma ideia, seriam necessárias entre quatro e cinco para um cabelo como o da atriz Taís Araújo.
• Duração: 30 dias.
• Custo: A partir de R$ 2,8 mil.
Fonte: folha Uol
http://instituto-de-beleza-jolie.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo ao meu Blog!
Faça seu comentário.